CCSP (Centro cultural de São Paulo), São Paulo. Fotografia de Well Naves.
_​​​​​​​
Nasci na cidade de São Paulo, onde vivo e trabalho na maior parte do tempo. A procura por um desenvolvimento artístico começou desde muito cedo e culminou na decisão de estudar arquitetura. Apesar de não ter seguido na profissão, nunca me afastei da área, que me ensinou os primeiros passos do meu caminhar profissional e me emprestou um novo olhar para ver o mundo e conhecimentos construtivos que se provam úteis todos os dias. 
Com meus novos olhos, a curiosidade sobre o desenvolvimento de imagens, o que me levou a iniciar uma breve jornada no desenvolvimento de modelos 3D e imagens virtuais, a qual teve seu desfecho com a compra da minha primeira câmera semi-profissional, uma Canon 77D. Com ela tranquei meu curso de arquitetura e viajei à Nova York, onde vivi por pouco mais de um mês e realizei um curso de fotografia no Centro Internacional de Fotografia (ICP - International Center of Photography). Após o curso e seguindo os conselhos de um amigo fotógrafo (Chico Audi), mergulhei em uma faculdade de cinema em Berlim (MET Film School Berlin) e lá aprendi a manusear a luz e as câmeras ainda mais. 
Sempre muito apaixonada por viajar, me encontrava constantemente em aventuras pela natureza, onde iniciei um trabalho artístico que continua de desvendando diariamente num eterno mistério, num eterno objetivo de gerar maior conexão entre as pessoas e a natureza, que muitas vezes se mostra realidade tão inóspita e distante, principalmente de quem vive na cidade grande. 
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo (2019). Fotografia de Well Naves.
Após finalizar meus estudos em Berlim retornei à São Paulo empenhada em concluir a faculdade arquitetura. Faltavam apenas dois semestres, os quais eram voltados completamente para o desenvolvimento do trabalho final de graduação. Procurei um tema em que eu tivesse potencial para utilizar todo o meu conhecimento, não apenas arquitetônico, mas cinematográfico e fotográfico também. Decidi realizar um trabalho de revitalização sob um terreno que costumava abrigar um cinema projetado por Rino Levi, o antigo Cine Piratininga (se quiser, veja o livreto do projeto completo AQUI) . 
O projeto do cinema revelou em mim um amor imensurável por arquitetura e após entregá-lo e receber meu diploma de arquiteta, apesar de saber que não seguiria na profissão, sabia também que não iria longe, por isso decidi expandir meus horizontes fotográficos com fotografias de arquitetura, trabalho que se mostra uma tremenda diversão no meu cotidiano em São Paulo, quando não estou fotografando natureza à fora. 

Muito prazer, 
Julia Mota
_​​​​​​​
Back to Top